poeminhas p/matar o tempo e distrair dor de dente.

terça-feira, outubro 25, 2005

arremessada, ao som da lembraça, do canto de um curió.
_ex-criador de "passarin"_
"insano e arrependido carcereiro de liberdade"
como
pude um dia,
achar
normal
manter cativo,
aprisionar,
pares
de asas,
seres
alados,
expressão máxima de
l i b e r d a d e
em
[G A I O L A S]
para mim mesmo, meu irmão jonas e ronilson - meus sócios, numa frustrada criação de curió.

1 Comments:

Blogger Octávio Roggiero Neto said...

Diovvani, de que site cê tirou esta foto?
Meu pai também prendia passarinhos e eu nunca compreendi o prazer de aprisionar o canto!

domingo, setembro 24, 2006 9:56:00 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home