poeminhas p/matar o tempo e distrair dor de dente.

terça-feira, outubro 25, 2005


_olhar da alma_
não é que meus olhos
estejam belos.
é que neste instante,
[neles]
está refletida,
a imensidão
da beleza,
de tua alma,
: que me olha :
para o amigo "federal" omar alves do amaral e sua doce simone.

1 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Sempre admirei o amigo pela sua sensibilidade com as palavras. Lembro-me até de um fato pitoresco no qual o Diou foi convidado para um concurso de poesias e ele humildemente disse que iria escrever alguma coisa e já sabem no que deu, né? 1º LUGAR.
Amigo, o insensível aqui adorou todo o seu blog, passei um bom tempo vasculhando e lendo as divesas paginas, especialmente o poema acima.

Um grande abraço de Omar&Simone

domingo, novembro 20, 2005 1:28:00 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home