poeminhas p/matar o tempo e distrair dor de dente.

terça-feira, setembro 20, 2011

CAMINHANTE

em silêncio caminho
entre a multidão falante
que não vê
a poesia - muda –
crescer

diante de pés
que calçam
os velhos sapatos
das urgências

2 Comments:

Anonymous Lecy Pereira said...

Ululante.

segunda-feira, setembro 26, 2011 8:26:00 PM  
Anonymous Anônimo said...

Olá, Diovvani!

Que bom encontrar uma forma de me comunicar com você! Então você é o idealizador do projeto Pão e Poesia? Sou aluno de comunicação da Universidade Católica de Brasília e meu projeto de conclusão de curso é justamente poesia em sacos de pão! Pensei na ideia e fui descobrindo aos poucos outras dessas iniciativas. Por aqui vamos publicar poemas de poetas de Brasília. Será que podemos trocar e-mails sobre o seu projeto, suas ideias e motivações? Meu e-mail é henridosanjos@gmail.com

Aguardo a sua resposta. Grande abraço e poesia sempre!

Henrique.

segunda-feira, outubro 17, 2011 2:36:00 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home