poeminhas p/matar o tempo e distrair dor de dente.

quarta-feira, novembro 09, 2005

postada ao som de nem um dia - djavan
_"te encontrei pelo mundo"_(*)

...sem você aqui
sangro acordes menores
da minha guitarra
da minha viola caipira
do meu fevereiro
que não anuncia
nenhum carnaval
com você aqui
entro no campo de força azul
que envolve a terra
e uma canção vence a guerra
e do meu terreiro
escrevo a sinfonia
que não tem final.
especialmente para vanusa dias neres. minha: princesa, cortesã, guia druida, divã. companheira, que encontrei numa madrugada, caminhando com uma amiga, na av.joão césar de oliveira – bairro eldorado e que a cada dia, vem crescendo comigo, na jornada feliz da vida que temos proporcionado um ao outro. (*) parte da letra, que está no cd: mandala sonora. para conhecer na integra clique aqui).

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home