poeminhas p/matar o tempo e distrair dor de dente.

domingo, novembro 27, 2005

postagem, ao som da música: "summertime" com janis joplin.
_blues aço_
chove
tudo
comove
até
o vento
que move
névoa
na caverna
sobre mim
gotas
de estalactite
ciscos
de silêncio
e pó

a chuva
faz parceria
com a voz
gravada
n’outro tempo
estou só
acordo
lamento
dentro

lágrima
invisível
paira
no olhar
da alma
do gato
que me olha

vejo
refletida
na lâmina
da tela
poesia
que eu não sabia

mas que agora
funde-se
para sempre
no aço
de minha
matéria
em todo
espaço
etéreo
ao meu redor

para o poeta nel meireles de quem sou apenas um rascunho mal sucedido. foi dele que copiei essa idéia, de postar os poeminhas, ao som de alguma música. visitem o blog dele e constatem, a verdade que digo: p o e t a mesmo! é ele. eu? apenas ladrãozinho sem vergonha, da poesia que cato, nas entrelinhas alheias. clique aqui para conhecer o "fala poética" de nel meireles.

1 Comments:

Anonymous Wan - MELT said...

Caro Dio, muito bakana seu blogg, parabéns, não sabia que você gostava de poemas e etc...
É isso ae, vivendo e conhecendo mais as pessoas que sempre estão em contato conosco!
Abraços, Wanderson - MELT

segunda-feira, novembro 28, 2005 7:21:00 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home