poeminhas p/matar o tempo e distrair dor de dente.: MEMÓRIAS URBANAS LANÇAMENTO

sexta-feira, dezembro 16, 2011

MEMÓRIAS URBANAS LANÇAMENTO



“MEMÓRIAS URBANAS” LANÇA VÍDEOS PARA CELEBRAR O ENCERRAMENTO DAS ATIVIDADES EM 2011


Sarau do Pão e Poesia, intervenções artísticas do coletivo Poesiak e pocket show com Corpo Cidadão e Celso Moretti também fazem parte da programação que acontece no próximo dia 19, no Museu Abílio Barreto

No próximo dia 19 de dezembro, a partir das 19h o projeto Memórias Urbanas: expressões culturais vai comemorar no Museu Histórico Abílio Barreto o encerramento das suas atividades com uma série de apresentações e o lançamento dos dez vídeos produzidos por jovens de cinco instituições culturais de Belo Horizonte: Contato – Centro de Referência da Juventude, Associação Imagem Comunitária, Corpo Cidadão, Favela é isso aí e Oficina de Imagens.

O projeto é uma iniciativa da ONG Contato – Centro de Referência da Juventude, com incentivo da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte e patrocínio da ArcelorMittal, que teve como objetivo a formação de jovens realizadores e a geração de produtos, que retratassem as manifestações artístico-culturais da cidade de Belo Horizonte.

Realizado entre março e dezembro de 2011, visou capacitar jovens no campo do audiovisual e lançar um olhar sobre as manifestações culturais que permeiam a cidade. Partindo-se da premissa de que a história se constitui a partir tanto do presente quanto do passado, torna-se de extrema importância o registro da história que está sendo construída nos dias de hoje através das interações entre as pessoas e o espaço urbano. As manifestações culturais são, portanto, parte dessas múltiplas vozes que compõem a memória social da cidade. Esta proposta lançou-se, assim, em direção ao desenvolvimento de documentos audiovisuais, memórias, olhares sobre o imaginário belo-horizontino através de suas manifestações culturais, propiciando aos indivíduos o papel de agente de formação e transformação da memória coletiva.

“De acordo com Helder Quiroga da ONG Contato,“O projeto memórias urbanas busca retratar a vida cultural de Belo Horizonte sob o olhar de jovens realizadores, formando e gerando identidade através do audiovisual para divulgar a riqueza da diversidade cultural da cidade e suas fronteiras locais”.



SINOPSES

Título: Travessia
Direção: Steffany Teixeira (AIC)
Sinopse: No ano de 1981, em Belo Horizonte, alguns jovens se organizaram para pensar o espaço público e o modo como este era ocupado. O Coletivo Poesiak realizou e documentou em vídeo uma releitura desta intervenção, em que representa, ao colocar origamis em uma árvore, as conquistas alcançadas através de muitos manifestos. O vídeo conecta passado e presente por meio de lembranças e ações reflexivas de intervenção e ocupação do espaço urbano.

Título: Movimento negro e cultura Rastafari
Direção: Thiago Carvalho (AIC)
Sinopse: O vídeo resgata a história da música reggae e o modo como a cultura Rastafari é apropriada por diferentes pessoas até os dias atuais. Através de depoimentos mostra a relação de artistas mineiros com a cultura negra e ancestral.

Título: Ser urbano
Direção: Alex Santana (Contato)
Sinopse: Através da encenação da história do personagem Spectro Bione, o vídeo, no formato doc-ficção, pretende mostrar as interações do artista performático com a cidade e sua repercussão no fluxo cotidiano.

Título: Imperimentação
Direção: Jéssica Martins (Contato)
Sinopse: Através da contraposição de imagens do dia-a-dia da cidade com imagens de uma performance do Coletivo Xepa, o vídeo procura traçar um paralelo entre o processo de imperimentação e o incômodo/tensão gerados no cotidiano urbano.

Título: O teatro e a escola
Direção: Edmilson Gomes (Corpo Cidadão)
Sinopse: Através da associação e contraposição de imagens do dia-a-dia de uma escola e imagens da montagem de um espetáculo teatral da Cia Condelon, o vídeo busca trazer à luz o impacto e a importância das artes, em especial o teatro, no ambiente escolar.

Título: A arte de fazer
Direção: Leonardo da Silva (Corpo Cidadão)
Sinopse: O vídeo retrata o processo de criação dos jovens do grupo de percussão da organização não-governamental Corpo Cidadão. As possibilidades de transformação através do ritmo e da melodia.


Título: Estética da memória
Direção: Cristiano Rato (Favela é isso aí)
Sinopse: Através da oralidade, da sonoridade e dos movimentos corporais, criaram-se formas para se resistir ao esquecimento completo, da memória da favela. Junto à nova narrativa da história, a memória necessita de veias por onde fluir. A comunicação reside nos processos de transmissão e preservação dos conceitos simbólicos, assim, exerce através de seus atos de construção e desconstrução do real, um papel de difusor da memória coletiva.


Título: Pão e Poesia
Direção: Paula Granja (Favela é isso aí)
Sinopse: O vídeo busca retratar de uma maneira poética e rítmica o projeto social Pão e Poesia, que envolve crianças da periferia e difunde a literatura de uma forma inédita, através da divulgação de poesias em mídia alternativa como embalagens de pão.

Título: Tempocidade
Direção: Marcos Donizetti (Oficina de Imagens)
Sinopse: O vídeo pretende colocar em pauta a tríade tempo, cidade e arte, mostrando o artista no meio da multidão e a provocação sobre a ocupação do espaço público e a ressignificação do mesmo.

Título: Lambe Lambe
Direção: Roger Inácio (Oficina de Imagens)
Sinopse: Através de depoimentos e do acompanhamento da fixação dos stickers, o vídeo mostra pequenos fragmentos do mundo dos stickers e da arte urbana.

O projeto realizado pela ONG Contato - Centro de Referência da Juventude tem o incentivo da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, através da pela LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO À CULTURA. Conta com o patrocínio da ArcelorMittal. Teve como parceiros, a Associação Imagem Comunitária, Corpo Cidadão, Favela é isso aí e Oficina de Imagens. Contou com o apoio do Museu Histórico Abílio Barreto, Alicate e Conquá.
A equipe realizadora do PROJETO MEMÓRIAS URBANAS conta permanentemente com os criadores, pesquisadores, técnicos e produtores, assim nomeados: Coordenação executiva: Helder Quiroga. Coordenação institucional: Vitor Santana. Consultoria em antropologia: Inês Quiroga. Consultoria em audiovisual: Celso Lembi. Produção de base: Patrícia Melo. Produção de campo: Elisa de Sena. Making of / Fotografia still: Alex Santana, Henrique Marques, Vinicius Ribeiro. Montagem / Trilha sonora: Henrique Marques e Vinicius Ribeiro. Coordenação de roteiro, captação e finalização: Alicate Conteúdo Audiovisual (João Flores, Fernando Lima e Luís Felipe Fernandes).

PROJETO MEMÓRIAS URBANAS

Programação:
- Exibição dos vídeos produzidos
- Intervenção artística do coletivo Poesiak
- Pocket shows com Celso Moretti e Grupo de percussão do Corpo Cidadão
- Sarau do Pão e Poesia
Data: 19/12
Horário: 19h às 22h

Local: Museu Histórico Abílio Barreto
Rua Prudente de Morais 202 – Cidade Jardim – Belo Horizonte
Entrada Franca
http://www.memoriasurbanas.org.br/

Obrigado pela atenção. Para informações adicionais e agendamento de entrevistas, favor entrar em contato com Noir Comunicação Total: (31) 3297-1014 ou Ângela Azevedo: (31) 9114-7229 e Daniella Lages (31) 8815 7411 através dos e-mails: angela@noir.com.br /daniella@noir.com.br
http://www.noir.com.br/

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home