poeminhas p/matar o tempo e distrair dor de dente.

sexta-feira, janeiro 27, 2006


postagem ao som de bad com u2.
_ homem gato_

tenho vivido com um pé
na linha de nylon
invisível do triz
o outro torto

na corda bamba e nervosa
e s t i c a d a
sobre o abismo
caio-não-caio

engulo seco o vento
destravo no nó
do gogó o grito
e não pulo porque sei

no último instante
sempre darei um jeito
de sair do xeque-mate
agarrado ao pulo do gato

carrapato no couro do gato

serei energia bruta
a tracionar
as patas do bicho
no salto do abismo

o corpo encarnando a felinalma
no átmo exato do ponto flutuante da fuga
do salto no salto in salto
das profundezas bestiais onde jogarei meus sais
do salto no salto in salto
das profundezas abissais onde deixarei meus ais

para meu irmão jonas. este é um antigo post, que sumiu do blog e recupero agora.

1 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Belo.

quinta-feira, maio 17, 2007 11:19:00 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home