poeminhas p/matar o tempo e distrair dor de dente.

quinta-feira, setembro 20, 2007

Postagem ao som da música Kite – U2 [OuçAquiÓ]

Hoje às 17:00hs estarei gravando uma entrevista com o pessoal da TV BETIM sobre o PÃO & POESIA. A mesma deve ser exibida na próxima semana. Vou tentar conseguir a gravação para colocá-la aqui no "Poeminhas...". A Vera Carvalho e o Luis Gaspar, do Estúdio Raposa em Portugal abraçam o projeto e o estão divulgando lá na "terrinha" - assim como os amigos brasileiros aqui ó

Pedro pan

Octávio Roggiero Neto

Cecília Cassal

Wilson Guanais

Outros poemas

Areté Educar

Deixo meu agradecimento para todos que estão apoiando e participando do projeto.

...

POEMINHA INOCENTE-NORDESTINO-MINEIRO-AMERICANIZADO PARA RENAN CALHEIROS

“I” “NO” sente.
“I” “NO”...
“I”? “inucente!!! - "i-nu-SeN-tE"??? Indescência de terno, manchando a alma de um país no eterno.

Éh, o trem tá “Oh!rRorRosZzszo” pra lá de feio...
Embolado-emborolado. É como dizia minha avó
“Ai-ai-ai, minininho... ai-ai-ai... tome tento!”

Quando perdíamos o freio (do carrinho de rolimã)
a gente também dizia aqui nas Minas
“Nó, núú! Tô no fiofó do Zé Estevão”

Eu já acho é que
“nóis estamo” é "inbrulhados"
mesmo: é “lá-den do istâmo do Zé.

Saudade do bordão do velho Cafunga, da rádio Itatiaia
“No Brasil o que é certo, é o errado e o que é errado, é certo”.
Tome tento gente(!) – Será que é isso aí? Pois é, Brasil, ai-ai-ai...

19 Comments:

Anonymous sayô said...

e eu aqui
deixando beijo
pra vc

quinta-feira, setembro 20, 2007 2:46:00 PM  
Blogger Octávio Roggiero Neto said...

era uma vez um mineiro que abraçou o mundo... eis um bom começo pra sua biografia.
forte abraço, poeta!

quinta-feira, setembro 20, 2007 5:49:00 PM  
Blogger Loba said...

Taí. O Octávio tem razão.
Poetinha, fiquei feliz demais com as notícias. Belo trabalho vc vez fazendo - e conseguindo - pela literatura, especialmente a poesia, deste país.
Um grande beijo e toda minha admiração

sexta-feira, setembro 21, 2007 10:15:00 AM  
Blogger Camila Lemos Barata said...

Só tratando com poesia mesmo,viu,nêgo?

Outro jeito não há.

Grande beijo.

sexta-feira, setembro 21, 2007 12:12:00 PM  
Anonymous marcos pardim said...

sem rodeios nem frufrus, vamos direto ao ponto, que pode ser a, b, c ou qualquer outra letra do abecedário (rsss..) seguinte, velho amigo-companheiro, li foi mesmo toda a página e o poema. tudo invariavelmente irretocável. mas como acho que tião martins tem razão, e faço parte dos homens não cretinos... e por falar nisso, noves fora a embrulhação, estás mesmo é bem acompanhado pela loiraça, felina da night, pecado pós-colombo, dos que pela savassi safareiam (rsss...) cum deus e na mais santa e puta paz, meu velho.

sexta-feira, setembro 21, 2007 5:13:00 PM  
Blogger Ariane said...

olá amigo poeta/padeiro :)
só hoje vi seu e-mail sobre esse projeto lindo que vc esta fazendo crescer...
linda a iniciativa, pra matar a fome do corpo e da alma, não podia ter feito melhor combinação, quer dizer , tem a pizza também, né?
uma delícia....

beijos de quem anda passando fome de poesia... (muito estudo...):)

sexta-feira, setembro 21, 2007 7:19:00 PM  
Blogger Clóvis said...

O mais irônico é que na boca-de-urna da Folha deu a cassação do fazendeiro disparadamente...

ó céus...

sábado, setembro 22, 2007 12:36:00 PM  
Anonymous Anônimo said...

Oi meu Amigo,

Estive sumida(nem tanto estava atenta),as voltei, chewia de saudades e saudosa como sempre, de réACÃO, que acho mesmo que estamos na marcha ré e em contra mão nos porpósitos de humanização,(já mnem sei se humanos somos, ou fingimos.....)Pois deixamos o vento soprar aos lados que nos enganamos que tudo ainda pode mudar.....Mas pra onde?

Bjs saudosos

Kátia Silva
Estou muito feliz com sua fábrica de projetos, e olha que como todo bom mineiro o TREM não pára!!!!!

segunda-feira, setembro 24, 2007 10:48:00 AM  
Blogger Luzzsh said...

Uai, e num é qui é?...

;)

Beijo, Dio...

segunda-feira, setembro 24, 2007 7:56:00 PM  
Blogger moacircaetano said...

é...
esse nosso brasil com letra minúscula tá meio esquisito...

terça-feira, setembro 25, 2007 6:20:00 AM  
Anonymous Valéria said...

eu sempre soube que pão alimentava alma!
agora então...
beijo

terça-feira, setembro 25, 2007 8:31:00 AM  
Anonymous paulo vigu said...

Projeto Pão & Poesia: Tô dentro e disponível para ajudar. Calheiros - Tô fora. E veja que ele ainda ganha uns versos do poeta-irmão Dio. Riodaqui. Abraço. Paulo Vigu

terça-feira, setembro 25, 2007 5:01:00 PM  
Blogger Leandro Jardim said...

clap clap clap
palmas, palmas e mais palmas
!!!

abs
Jardim

quinta-feira, setembro 27, 2007 2:34:00 PM  
Blogger Claudinha said...

Moço! Cafunga... Meu Deus, tenho saudades de meu avô que ficava ouvindo os comentários dele. Você me fez viajar no tempo agora. Publique a entrevista pra gente e conte como vai o projeto! Beijo!

sexta-feira, setembro 28, 2007 10:29:00 PM  
Blogger Múcio L Góes said...

esse menino nos dá um dor de cabeça... mas, o remédio está em nossas mãos: título eleitoral a cada eleição.

Bom, Dio.

[]´s

sábado, setembro 29, 2007 8:33:00 AM  
Blogger tarciso said...

Caro Diovvani, convocado pela alma e ânimo da Loba, vim conhecer e aplaudir o projeto Pão & Poesia. Como sou cristão, em minha tentativa inicial de contribuição - (desde que possa servir) - será uma oração do Pão Nosso, que vou publicar no meu blog e também enviar pelo email citado.
Abraços e, conte comigo nesse lindo projeto!!!

segunda-feira, outubro 01, 2007 7:20:00 AM  
Blogger Pedro Pan said...

, carrinho de rolimã. o trole. brincadeiras de infâncias...
, parabéns pela matéria. e a reportagem da tv foi legal?
, abraços meus.

terça-feira, outubro 02, 2007 8:57:00 AM  
Blogger Rayanne said...

Só você.

Faz do rir o pensar,
e ao pesar o doer.

Amo!

**Estrelas, doce**

quinta-feira, outubro 04, 2007 10:58:00 AM  
Blogger L. Rafael Nolli said...

Meu camarada, parabéns pela iniciativa. Achei genial! Quero acompanhar o desenvolver desse projeto. No saquinho de pão, que vai para todas as casas, poesia! Dá para imaginar! É a materialização do pensamento do grande Leon Trotsky: "Ela virá. A Revolução conquistará para todos o direito não somente ao pão, mas à poesia."
Parabéns, Diovvani!

sexta-feira, outubro 05, 2007 9:24:00 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home