poeminhas p/matar o tempo e distrair dor de dente.

segunda-feira, março 06, 2006

óleo sobre tela - Beth Almeida
postagem ao som da música "bons amigos" com toninho horta.
_o sentido das coisas as vezes dorme em - nós_
dormia a casa preguiçosa
eu
par de asaceso pássaro solto
pousei
o violão em minhas pernas
.
nas pontas de meus cabelos
e l e t r i c i d a d e
milhos p u l a n d o
querendo transmutarem-se pipocas
.
eram
poesias-brasas-estelares-caidas
do meio das coxas da madrugada
passavam velozes
pela peneira de meu telhado
não dei conta da chuva
e dos raios delas
.
queimado depois
da peleja molhado
tonto de sentido vario
sentado me rendi
.
e com as unhas violei
a marca das cordas
em minha pele dissonante
vibrou meu espírito
fui dormir
tic-tac-tic-tac
e o barulho dos bichos na noite
para o sr.vicente (80) "boa prosa" que chegou lá em casa outro dia tomando uma latinha de cerveja com o filho fausto que finalmente reatou a amizade com o nivaldo meu amigo e vizinho. é isto ai gente esqueçam as picuinhas.

1 Comments:

Anonymous Geórgia said...

olha só!! esse óleo sobre tela é de minha autoria. Beth Almeida (ou Geórgia nas esferas virtuais) ;)

quinta-feira, março 23, 2006 9:45:00 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home