poeminhas p/matar o tempo e distrair dor de dente.

sexta-feira, março 24, 2006


postagem ao som da música "equatorial" com lô borges
_ a teia_
(minúsculo ladrão)
sorrateiramente entre noite e manha
removo dos escombros telhas
e como aranha que ladra imperceptível
espaço em meu abrigo tecendo teias
.
faço da tecla carvão minha arma giz
para no branco da tela lousa
r a b i s c a r pequenas
negras letras lesmas
.
assalto noturnas folhas de alface
sílabas gosmam sons palavras rubras
"hulksverdeiam-se" plasmo idéia como arranho
e terça abaixo risco teço o que parece nova teia
para meus novos amigos poetas virtuais: marcos pardim, beth almeida, nilsson e alice. fraternal abraço para todos, bom fim de semana e segunda estou de volta.

10 Comments:

Anonymous Geórgia said...

Diovvani! Vim cá te ler e tenho essa grata surpresa.. obrigada menino! Bom fim de semana à todos nós. Meu beijo.

sábado, março 25, 2006 8:22:00 AM  
Anonymous marcos pardim said...

Diovvani, meu caro: que susto bom é esse de me incluir entre teus amigos virtuais a merecerem tamanha deferência de uma dedicatória? bondade mineira, só pode ser. virtual e virtuoso abraço.

sábado, março 25, 2006 4:08:00 PM  
Anonymous Anônimo said...

Quanta saudade eu estava de ler você, doce amigo!
beijos com carinho, Andréa Motta

domingo, março 26, 2006 8:31:00 AM  
Blogger Ricardo Mainieri said...

Diovanni :

Obrigado pela visita a meu blog.
Vc. tb. produz boas poesias e tem ótimo gosto musical.
Estou tentando colocar umas midis de jazz em meu blog e não consigo.Vc. tem idéia como se faz?
Fique a vontade para novas visitas.

Abração.

Ricardo Mainieri

terça-feira, março 28, 2006 12:12:00 PM  
Blogger alice said...

querido amigo,

apanhei boleia do seu comentário e não sabia que tinha esta surpresa à minha espera

não mereço tamanha homenagem, fico até atrapalhada de emoção...

por favor, eu sou apenas uma jovem rapariga que gosta de escrever...

se realmente quer continuar a ler-me, visite os blogues colectivos onde participo, será uma honra para mim receber a sua visita...

ainda hoje publiquei no blog palavras por dentro, pode aceder pelo meu perfil ou então entrar pelo link na coluna dos meus vizinhos...

e desde já muito obrigada, não sei o que dizer, deixo-lhe um abraço fraterno, bem haja,

alice

terça-feira, março 28, 2006 12:13:00 PM  
Blogger alice said...

não sei se recebeu o meu comentário...

terça-feira, março 28, 2006 12:15:00 PM  
Blogger Ricardo Mainieri said...

Diovanni :

Valeu tua visita e comentário.
Teu blog tem tb. ótimas poesias e demonstras um bom gosto musical.
Fique à vontade para visitar-me.

Abração.

Ricardo Mainieri

terça-feira, março 28, 2006 12:15:00 PM  
Blogger alice said...

“Fazes-me falta

O silêncio chegou
E espalhou miséria às portas da morte
Assustou os espíritos
E evaporou as conversas de espuma
*
Trazia na trela um cão pequeno
Que latia arrogâncias
E havia fome
No focinho da besta
*
Eu podia simplesmente
Falar da cinza e dos cornos
Ou iludir-te com a falta de luz nos ovários
Mas a espera
Requer vocábulos de natureza puta
*
Eu podia pagar-te
Para ires às mulheres da rua
Deixava a fera assentar o pêlo
E calava os hemisférios
*
Era bem mais fácil
Rogar-te pragas de marfim
Fazer de conta que a lua
Tirou umas férias amarelas
Ou inventar incertezas
No centro do equador
*
Mas ouço a febre descer à montanha
Num repique de sinos alegóricos
E espero durante a hora da missa
Perder-me no bosque para sempre”

Beijinho, obrigada por tudo ;)

A. S.

quarta-feira, março 29, 2006 5:44:00 AM  
Blogger Nilson Barcelli said...

Este seu poema é magistral.
Revela, por outro lado, uma maturidade poética invejável, só ao alcance de alguns.

PS: Desculpe não aceitar o seu convite para participar no evento poético que referiu. É que eu não me sinto poeta ainda, e nem sei se algum dia o sentirei... Mas agradeço ter-se lembrado de mim.
Obrigado ainda pela referência que fez como amigo. Coloquei há dias o seu link no meu blogue.

Abraço.

quarta-feira, março 29, 2006 6:55:00 AM  
Anonymous Marilena said...

lindos poemas !! sua palavra é cativante e por isso tenho vindo sempre aqui a me deleitar nela. abraço.

sexta-feira, março 31, 2006 9:44:00 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home