poeminhas p/matar o tempo e distrair dor de dente.

terça-feira, junho 19, 2007

Postagem ao som da música In the Name for Love - U2. [OuçAquiÓ]
SONHOS ABATIDOS POR UMA REALIDADE VIVA

Naquele dia torto,
eu deixei mortos
os sonhos tolos
que eu tinha.

Foi naquele dia
a primeira vez
que vi você
e seu sorriso:

metralhadora giratória
disparando...
balas de festim
na minha direção.

A realidade que você sorriu
se mostra ainda hoje...
Para mim mais atraente
do que àqueles sonhos.
...
Dedico esta postagem e principalmente
a música do U2, em memória do radialista
Gilvan Costa da Rádio Itatiaia.
No último fim de semana ele foi desbravar
outras trilhas, pelos caminhos do mistério.
Como de costume ele foi na frente,
pois gostava abrir trilhas para os jipeiros
amigos, entre as montanhas das Minas Gerais -
onde serão espalhadas suas cinzas. Au Revoir...

31 Comments:

Anonymous Valéria said...

realidade sorrida são sonhos realizados...?
beijo moço

terça-feira, junho 19, 2007 9:44:00 AM  
Blogger moacircaetano, todo prosa! said...

lindíssima homenagem...

terça-feira, junho 19, 2007 11:48:00 AM  
Blogger Vinícius Marçall said...

Deixar os seus sonhos em algum lugar não é problema... O problema é ser deixado por sonhos em algum lugar...

MontanhosoAbraço

PS.: tem coisa nova no meu blog!

terça-feira, junho 19, 2007 12:07:00 PM  
Blogger Clóvis said...

O que restam são as nuances; e estas valem por demais!



Meu abraço.

terça-feira, junho 19, 2007 12:22:00 PM  
Anonymous Márcia(clarinha) said...

estará à frente dos amigos como sempre abrindo caminhos orientando direções.
bela homenagem!
beijossssss

terça-feira, junho 19, 2007 1:56:00 PM  
Blogger Vinícius Marçall said...

Pergunta do ano: quem será o magro?!

E pode baixar o CD: é EXCELENTE! Se alguém vai comprar, são outros 500...
Não foi sinismo, é só uma forma de divulgar mais bons músicos... Pensando melhor, foi sinismo sim!!!!
Hahahahaha

MontanhosoAbraço!

terça-feira, junho 19, 2007 3:42:00 PM  
Blogger Vinícius Marçall said...

Este comentário foi removido pelo autor.

terça-feira, junho 19, 2007 3:43:00 PM  
Anonymous Erika said...

Foi uma linda despedida que os amigos dele fizeram... o cortejo foi magnifico... parace até que BH parou de respirar por um breve momento.

Beijos

terça-feira, junho 19, 2007 7:34:00 PM  
Anonymous Isabella Benicio said...

Linda homenagem, Diovvani. Mais uma estrela pendurada no céu; mais um jipe pra desbravar as nuvens. Beijo.

terça-feira, junho 19, 2007 7:49:00 PM  
Blogger clarice ge said...

Em nome do amor se corre o risco de viver nossa última cena, que sempre nos colhe de surpresa...
carinhos Dio

terça-feira, junho 19, 2007 8:20:00 PM  
Blogger Pedro Paulo Pan said...

, e a felicidade é mais atraente tão bem...
, abraços meus.

quarta-feira, junho 20, 2007 8:00:00 AM  
Anonymous Anônimo said...

Amigo Dio,

Quando a relidade se faz mais atraente que os sonhos, é otopia dos homens, porque sendo assim, estamos em estado de felicidade pura e simples. Melhor que viver um sonho é viver uma realidade sonhada......

saudades...Bjs

Kátia Silva

quarta-feira, junho 20, 2007 11:56:00 AM  
Blogger Menina do Reggae® said...

sorrisos e sonhos.

realidades diferentes.

belo poema.

triste fim.

enfim

Au Revoir

quarta-feira, junho 20, 2007 7:53:00 PM  
Blogger Mônica Montone said...

Minha mãe sempre diz que somente os heróis morrem antes do tempo, porque somente eles tem coragem e desejo de arriscar sempre e mais.

beijos, querido

MM

ps: o livro está a caminho, me avise quando chegar, ok?!

quarta-feira, junho 20, 2007 10:05:00 PM  
Blogger Antônio Alves said...

A costumeira guerra entre sonho e realidade, acredito que apesar da realidade ser tangível, o sonho é ilimitado, isso é atraente. Somente quando algo "quebra" a magia onírica é que a realidade se mostra forte, no seu caso o sorriso. Há braços!


Antônio Alves
No Passeio Público
Postagens às quartas e domingos

quinta-feira, junho 21, 2007 6:02:00 AM  
Anonymous manoel, o audaz said...

salve, salve, poesia e poeira nas trilhas das Minas! bela homenagem, irmão!

Salve!

[]´s

quinta-feira, junho 21, 2007 11:06:00 AM  
Blogger Claudinha said...

Belíssima homenagem Diovvani. As pessoas que estão em nossas trilhas deixam as marcas de suas pegadas na poeira de nossas vidas, iluminam a escuridão. E as que partem primeiro, preparam-nos novas trilhas.
Fiquei emocionada!Puxa...

quinta-feira, junho 21, 2007 5:04:00 PM  
Anonymous Márcia(clarinha) said...

noite fresca finalizando outono deixo carinho e beijosss

quinta-feira, junho 21, 2007 6:57:00 PM  
Blogger Ariane said...

que morram todos os sonhos tolos pra deixar mais espaço para os que sempre valem a pena tornarem-se realidade...

beijos de céu e de mar

quinta-feira, junho 21, 2007 7:49:00 PM  
Anonymous Robson Carvalho said...

Olá amigoDio, estou de volta, por entre letras e pontos, a historia se faz, nem sempre como gostaria mas sim , como se é chegada a hora. Os seus amigos de trabalho dizem que ele se foi fasendo o que gosta, não será que ele está por aí nas trilhas do infinito até chegar ao ponto de partida? Um grande abraço.

quinta-feira, junho 21, 2007 10:25:00 PM  
Blogger paulo said...

... que belo poemar!! aproxima o ausente e faz com que nunca seja esquecido!!
.
abraços!!!
.
^^

sexta-feira, junho 22, 2007 10:15:00 AM  
Blogger beleza de mulher said...

belo poemas eu adoro poemas ,versos


os versos que te escrevo
saem-me da palma da mão
as lagrimas saem-me dos olhos
os sentimentos do coração.

quem ama não dorme
nem de noite nem de dia
dà tantas voltas na cama
como um peixe de àgua fria.

é triste andar a pensar
é triste vivermos sós
mas mais tristes é gostar
de quem não gosta de nós

hehehehhe espero que gostes porque é de minha autoria

sexta-feira, junho 22, 2007 10:32:00 AM  
Blogger Juliana Pestana said...

Doces versos com triste realidade.
O que foi, sempre será e estará gravado em nós.

E por falar em gravar... coloquei vc lá, no seu devido lugar... agora que já tenho um ano, já posso opinar! ;-)

Bjos,
Mendoscopia.

sexta-feira, junho 22, 2007 3:25:00 PM  
Anonymous Lela said...

Vc, Dio, tem o dom de fazer reboliço em mim. Amei o poema! Esta primeira estrofe grudou em meu pensamento como tatuagem...
Amigo, que o Gilvan seja acolhido pelo céu dos sorrisos dele.
Abraço grandepordemais!

sexta-feira, junho 22, 2007 9:28:00 PM  
Blogger L. Rafael Nolli said...

Diovvani, meu camarada, bela homenagem essa que encontro aqui hoje - singela, em forma de poesia, banhada de boa música! É isso, um abraço, meu velho!

sexta-feira, junho 22, 2007 11:02:00 PM  
Anonymous fabio jardim said...

mais bonito que o ideal é bonito demais!!!

sábado, junho 23, 2007 1:32:00 AM  
Blogger Nilson Barcelli said...

Uma bela homenagem, com um poema cheio de imagens bem construidas como é seu hábito.
Bom final de semana.
Abraço.

sábado, junho 23, 2007 7:08:00 AM  
Anonymous marcos pardim said...

viajar, ainda que seja como no dizer de rolando boldrin: fora do combinado, faz parte de nosso kit-aprendizagem de como nos fazer caber no tic-tac das horas... alguns desses viajantes conseguem mais: extraem das horas, dias; dos dias, vida. té +, véio.

domingo, junho 24, 2007 10:45:00 AM  
Anonymous gato vadio said...

Eterno é aquele cuja obra o emortaliza nos corações dos que ficam..

domingo, junho 24, 2007 4:12:00 PM  
Blogger Cecília Braga said...

Moço,
O vento só leva o que é cinza, mas não o que queima.
é tempo de luz...
ser pleno.
beijo na alma
Ouvindo sempre sempre tuas canções e torcendo por teu sucesso, merecido.

segunda-feira, junho 25, 2007 1:40:00 PM  
Blogger Mônica Montone said...

Boa semana, querido :o)

beijocas

MM

segunda-feira, junho 25, 2007 2:00:00 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home