poeminhas p/matar o tempo e distrair dor de dente.: Julho 2010

terça-feira, julho 20, 2010

Lançamento DEZLOKADO - Brasília

Postagem ao som da música Eu quero é botar meu bloco na rua - Sérgio Sampaio - [OuçAquiÓ]

segunda-feira, julho 12, 2010

EXPOSIÇÃO ASPECTOS URBANOS


quinta-feira, julho 01, 2010

QUADRAGÉSIMA SEXTA LEVA - ESPECIAL DE ANIVERSÁRIO

Foto: Antonio Paim
CICERONEANDO

Durante quatro anos, uma missão preciosa descortinou-se ante os olhares dos leveiros da Diversos Afins, qual seja a de apostar no rito de desengavetar expressões. Tal lema norteou os caminhos que, com o passar dos dias, foram ganhando contornos próprios. A possibilidade de consolidar um projeto como o nosso só se firmou nos intervalos que atravessam as ações. E falar em intervalos significa ressaltar a força presente nas pesquisas e descobertas que permeiam uma edição presente e o lapso temporal a desenhar outra. Não há uma Leva sequer desta vasta jornada que não seja para nós especial em sua plenitude. Dos primórdios até aqui, muito se pôde aprender e, de todos os desafios que esta estrada impõe, certamente o do exercício das escutas é o maior. Cada componente humano que faz parte dessa história representa o verdadeiro motor a justificar nossas Levas. O entusiasmo, incentivo e o diálogo proposto por todos aqueles que acompanharam nossa trajetória é o que nos impele a continuar. Sem isso, os passos dados não teriam sentido, pois os feitos culturais atingem seu objetivo central quando instigam as pessoas à interação com os signos evocados. A 46ª Leva, através da exposição de escritores e artistas que integram nossa caminhada, tenciona prestar uma justa homenagem a todos os que, de algum modo, estiveram conosco em nossa infante existência. Saudamos a arte de Fao Carreira, Canato, João Colagem e Marco Angeli. Miramos um pouco de nós nas fotografias de Valéria Simões, Wellington de Medeiros, Antonio Paim e Ricardo Prado. Os poetas Neuzamaria Kerner, Jorge Elias Neto, Graça Pires, L. Rafael Nolli, Cássio Amaral, Ildásio Tavares, Felipe Stefani e Romério Rômulo nos ofertam seu lirismo. Nalgumas linhas de prosa, os contos de Roberta Tostes, Larissa Mendes, Rodrigo Melo e Alice Fergo percorrem densas vertentes humanas. A sabatina com o artista plástico Marco Angeli pontua os sensíveis diferenciais de uma carreira marcante. Bolívar Landi nos propõe olhares atentos ao filme argentino O Segredo de Seus Olhos. No Aperitivo da Palavra, um convite à leitura de Eros Resoluto, livro de contos do escritor Marcus Vinícius Rodrigues. Há muito mais nas entrelinhas do que podemos perceber e a cada leitor cabe uma particular e infinita conjunção de saberes e sabores. Agradecemos e saudamos a todos os colaboradores e parceiros e, em especial, aos leitores. Celebremos, pois, a vida e seus instigantes mistérios!

*Comentários podem ser feitos ao final da Leva, no link EXPRESSARAM AFINIDADES - AQUI.