poeminhas p/matar o tempo e distrair dor de dente.: Novembro 2010

terça-feira, novembro 30, 2010


terça-feira, novembro 23, 2010

10 Anos do Sarau de Poesias do CCLN - Estação Permanente 2010

(Ricardo Evangelista por Consuelo Abreu)

Sarau NOVEMBRO-2010

Dia 25/11 - Quinta-feira às 19h

COORDENAÇÃO: poeta Ricardo Evangelista

Contamos com sua presença!

Fechando as comemorações dos 10 anos do sarau do CENTRO DE CULTURAL LAGOA DO NADO, o poeta Ricardo Evangelista, anfitrião da festa, coordena mais uma noite inesquecível de poesia, lirismo e criatividade. Para celebrarmos esta data tão importante do "pai" de todos os saraus da cidade traz para as terras lagoanas e faz homenagem aos poetas: Amilton Tom, Babilak Bah, Tânia Diniz, Evandro Nunes, Cida Araújo, Thiago Araújo, Gil Sapucaisa, Diovvani Mendonça, Marcos Fabrício Lopes da Silva, Wal Suza, Dioli, Fernando Fabrini, que ao longo desses dez anos vem ajudando a consoliddar esse importante espaço público de valorização da arte poética.Aguardamos sua presença. VIVA A POESIA NOSSA DE TODOS OS DIAS.

Centro de Cultura Lagoa do Nado
Telefones: (31) 3277-7420
Fax: (31) 3277-6746

quarta-feira, novembro 03, 2010

MARATONA BARKAÇA

Sexta 5/11, A CASA - arte cultura
Rua Itapecerica, 1414 (esquina com Piauí), Sidil

19hs- Mostra de vídeo-poema
20hs- “Degraus do Pesadelo” dança com Gabriela Azarias (DV)
20:15hs -“Sjo & Malavrado” performance com Igor Alves e Vinícius Tobias (Lavras)
20:30hs - “O amor Visto da Ponte” recital com o Grupo LESMA (Conselheiro Lafaiete)
21hs - Show com a Banda dos Contentes (DV)
Entrada: 5 R$ + 1kg de alimento

Sábado 6/11, Boutique do Livro
Av. Antônio Olimpio de Morais,487, Centro

9:30hs -“Guerrilhas literárias em Minas” palestra com Márcio Almeida (Oliveira)
10hs- “Lançamentão” com os livros:
*Deslokado - Marcos Fabrício (Brasília)
*Erotíssima - Clevane Pessoa (BH)
*As Dores do Indaiá nas Memórias de Tapuia - Marco Llobus (BH)
*O Amor Visto da Ponte - Grupo LESMA (Conselheiro Lafaiete)
* A Casa do Caracol - Ana Paula Rodrigues (Oliveira)
11hs- Cortejo Poético em direção ao Sebo
Entrada franca

Sábado 6/11, Sebo Letras do Jardim
Rua São Paulo, 440 , Centro

11hs - Sarau musical com o Grupo Sarau Tropeiro (BH)
*Lançamento Barkaça 7 e 8
Entrada franca

Sábado 6/11, Casa Festa Barkaça
Rua Rio Grande do Sul, 1430 (esquina com Serra do Cristal), Centro

14hs- Mostra de vídeo-poema + exposições com os artistas:
*Marcelo Tumati (DV), Karol Penido (DV), Podrera (BH), Carlos Lopes (DV), Grupo Desarte, Denis Oliveira & outros
15hs - Performance com o Grupo Onitorrincos e Podrera (BH)
16hs - Palco aberto
18hs-“Viva o Folclore” show com o Grupo Sarau Tropeiro (BH)
19hs – Show com Teoria dos Anjos (DV)
20hs- Som com o DJ Vitor Morel (DV)
22hs- Encerramento
Entrada: 5R$ + 1kg de alimento
http://www.barkaca.blogspot.com/
Poesia Contra a Pasmaceira de Divertinópolis et alli

segunda-feira, novembro 01, 2010

CONVITE ESPECIAL - Revista Diversos Afins

Foto: Antonio Paim

CICERONEANDO
Por Fabrício Brandão

Completar ciclos é parte inerente de qualquer jornada pela vida afora. Vencem-se etapas e expectativas são redesenhadas ao longo do tempo. Frequentemente a sensação é a de olhar tudo como se fosse a primeira vez. Quando do seu nascedouro, um projeto jamais é capaz de precisar com exatidão tudo aquilo que irá materializar de fato. Esse algo se torna vivo e vai moldando-se mediante os desafios que se apresentam por entre os dias. Assim tem sido com a Diversos Afins ao longo de sua sucessão temporal. Atingir 50 edições é muito mais do que apegar-se à matemática dos volumes produzidos. Por aqui, tudo sempre fez parte do resultado de um esforço que visa exaltar o humano em suas variadas nuances. Os gêneros que movem a cultura são muito mais do que meras simbologias estilísticas, ou seja, representam a necessidade que temos de expor as epifanias face ao que julgamos abarcar a nossa tenra existência. A redenção pela arte opera num plano notadamente íntimo e pessoal e, mesmo assim, somos capazes de trazer à baila efeitos coletivos de tal experiência. Todas as Levas aqui produzidas são especiais pela gama de expressões mostradas. A grande aldeia global contida na internet opera no surpreendente nível de uma compressão espaço-tempo e tem possibilitado cada vez mais valiosas descobertas. Autores e suas criações podem ser vistos e sentidos sob os mais diversos prismas. E essa condição de visibilidade exige dos criadores um frequente exercício de renovação do olhar, além, é claro, de uma adequada dose de autocrítica. Talvez o maior dos desafios para se continuar os caminhos seja o de alcançar, em boa medida, maturidade. Hoje, 50 Levas representam um complexo de vivências ligadas essencialmente a pesquisas, leituras, observações e, sobretudo, escutas do outro e para o outro. Some-se a isso uma verdadeira paixão pelo discurso impregnado de vida que ronda as obras de escritores e outros tantos artistas. Agora, damos sequência aos nossos passos perscrutando o lirismo de poetas como Maria da Conceição Paranhos, Paulo Tavares, Ana Peluso, Luis Benítez, Iracema Macedo, Rubén Liggera, Sonia Regina, Jorge Elias Neto e Assis de Mello. Através das lentes de Antonio Paim, reservamos atenções a um mundo que passa desavisadamente ante nossos olhos. Numa pequena sabatina, o cantor e compositor Paulinho Moska nos fala sobre seu mais novo disco, demarcando expressões que o posicionam como um artista diferenciado. Os contos de Abilio Pacheco, Gerusa Leal, Alice Fergo e Augusto Cavalcanti refletem signos ativos dos tempos de então. O texto cinéfilo de Larissa Mendes nos convida a vislumbrar muito além do filme O Porco-espinho. No quadro Ouvidos Abertos, as virtudes sonoras de Jabu Morales e Gisele de Santi. Agradecemos aos nossos leitores e colaboradores pelo trilhar de mais uma importante via. Saudações sempre culturais a todos! Aqui